Recepção DRM – Rádio RNZI (New Zealand) 11.765 KHz

Olá pessoal, neste post gostaria de levar a vocês um pouco de minhas experiências com recepção de rádios digitais. Enquanto no Brasil se discute qual padrão a ser adotado, entre DRM e IBOC mais conhecido como HD Rádio da iBiquity. Experimentei os 2 padrões.

Sobre o HD Rádio

Bom minha experiência com HD Rádio foi muito rápida, e realizada a muito tempo atrás. Quando um amigo me liga falando que voltou do Estados Unidos e trouxe um aparelho, que comprou enganado pensando ser um media center de alta resolução, (é engraçado essas coisas, só porque viu HD no painel frontal do aparelho, já assimilou que era pra ser utilizado na televisão).

Quando cheguei em seu QTH para ver o tal aparelho me deparei com um receptor de FM/AM Sony, modelo XDR-F1HD, expliquei a ele que se tratava de um receptor de FM/AM digital, do padrão implementado pelos Estados Unidos.

Sony HD RadioReceptor Sony XDR-F1HD

Conversa vai e conversa vem, ele percebendo meu interesse no aparelho, acabou me dando de presente, ainda dizendo isso vai ter mais valia para você do que para mim.

Ouvi poucas emissoras com o aparelho pois estava instalado na cidade de Pedreira-SP, local cercado por montanhas dificultando a entrada de sinais. Mesmo assim ouvi a (CBN Campinas / Rádio Globo FM) e a Vox 90 de Americana, que estavam em processos de teste. Realmente a qualidade do áudio é impressionante, pena não dispor de uma documentação na época, o blog nem existia também.
*Detalhe essas recepções foram na banda de WFM.

Sobre o DRM

Iniciei minhas atividades com DRM recentemente e tenho me impressionado, a cada dia mais, além de ser uma tecnologia de concessão livre (aberta), agregada a facilidade da decodificação sem utilizar equipamentos caros e proprietários, seu projeto está todo disponível na internet, facilitando o estudo e futuras implementações.

Muitas emissoras já estão transmitindo globalmente utilizando o DRM são elas: BBC, RNZI, REE da Espanha, dentre várias. Outro critério que achei interessante é a possibilidade de várias configurações de transmissão, utilizando menores ou maiores largura de banda. (Opção de grande importância, pois com menor largura de banda mais emissoras podem utilizar-se do espectro).

Maiores informações podem ser encontradas no Wikipedia.

Resumo sobre os padrões

Resumindo, e concretizando minha opinião, torço para o padrão a ser adotado em nosso país ser o DRM, pois além de ser livre sem fins lucrativos, está ao acesso de todos para estudo e implementação, já o HD Rádio é um padrão fechado (comercial), não existem documentações de como decodificar os sinais, e pior, consequentemente ocorrerá o monopólio, pois uma empresa seria nomeada representante e responsável pela tecnologia, no Brasil se não me engano é a Tell HD, que seria detentora de toda produção. (Um padrão proprietário em minha opinião, poderá trazer surpresas desagradáveis no futuro, pois a empresa que fornece a tecnologia guarda a 7 chaves o segredo da plataforma, inviabilizando qualquer fonte de estudo da plataforma ou experiências).

Como sintonizo emissoras digitais DRM

Atualmente utilizo uma simples antena multi-banda G5RV, um transceptor Icom IC 706, modificado para utilizar o RTL-SDR como panadapter SDR, um dongle de TV R820T, uma placa de som USB, a placa de som onboard e os softwares SDR# (responsável por controlar o SDR) e Dream (responsável por decodificar o DRM), conforme diagrama abaixo.

bloco

O sinal é recebido pela antena G5RV, injetado no Transceptor Icom IC-706, do qual é extraído o sinal da IF de 69 MHz e inserido no dongle de TV R820t, que está diretamente conectado a USB do PC.
O software SDR# recebe os sinais do R820T, e nesse estágio serão feitos os filtros e ajustes. (Imagem abaixo)

sdr#drm

O sinal já transformado pelo SDR#, vai para o “Speaker Out” da interface USB, através de um cabo P2 esse sinal é coletado e enviado a entrada “Mic IN”, da interface on-board. (Não utilizo VAC (Virtual Audio Cable) nem outros simuladores de interface, por mais que você configure de forma otimizada, sempre ocorre alguns gargalos e congelamentos).

Logo após, utilizando o software Dream, configurado para receber o sinal  na “Mic In”, da interface on-board, fazendo a demodulação do sinal digital, e disparando na saída “Speaker Out” da interface on-board.

Confira o vídeo abaixo, apenas um compacto de recepção da rádio RNZI, que pode ser sintonizada facilmente aqui no Brasil, ouçam a qualidade do áudio utilizando apenas 15.48 KHz.

Bom pessoal por hoje é só, vamos torcer para o Brasil adotar o padrão DRM.

Anúncios

3 comentários sobre “Recepção DRM – Rádio RNZI (New Zealand) 11.765 KHz

  1. Não tem comparação do sistemas DRM e HD, pois o DRM tem possibilidade de ondas curtas o outro não tem, no FM usa só 96khz de largura e o outro 400khz,, no OM usa 20khz (simulcast) o outro 30khz e se nao for bem ajustado ele produz batimento em si mesmo, gera muito ruido nas faixas, num estado como São Paulo sobra espaço na faixa de FM em DRM, o Outro não cabe todas as emissoras, fica tendo que aumentar a banda pra comportar todas as emissoras, o DRM é compativel com o som da nossa TV DH (MPEG4), o outro ninguem sabe, e assim por diante.
    . ,

  2. Tenho um rádio receptor Tecsun S2000, você saberia me dizer como faço para ouvir o sinal DRM 30 usando a saída IF dele? Há tempos estudo possibilidades sem nada encontrar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s