KG-STV Digital no satélite FltSatCom 8 (Bolinha)

Olá seguidores, conforme mencionei em posts anteriores, constantemente tenho monitorado os transponders lineares do satélite militar FltSatCom 8 (conhecido popularmente como Bolinha).

Na data de 21/06/2015, ao cair da tarde, estava a monitorar a frequência de 252.150 MHz, popularmente conhecida pelo misterioso sinal de SSTV analógico modo BW36, sinal este presente quase todos os dias.

Por volta das 18:00 hs (Horário Local), a portadora analógica contendo o SSTV cessou, e após alguns minutos, pude constatar a presença de um sinal digital.

Brevemente identifiquei se tratar do software KG-STV, do qual utiliza modulação no padrão MSK (Minimum Shift Keying), baseado na variação de frequência para geração dos bits.

MSK - WaterfallIdentificação do sinal digital no waterfall do SDR#

O software KG-STV, no modo MSK, transmite em velocidade de 1200 bauds, utilizando a base do “bit 0” a frequência de 1200 Hz, e base do “bit 1” a frequência de 1800 Hz.

Como sabemos, essas transmissões, são classificadas como misteriosas, ninguém sabe ao certo, de qual país elas são originárias e nem suas finalidades. Se cogita que o autor efetua essas transmissões para seus familiares, que provavelmente residam em outro país.

Durante a recepção ocorreu um fato que me chamou atenção, o software KG-STV, possuí em suas configurações um campo destinado a informação de CALLSIGN (Indicativo de chamada), conforme podemos ver na imagem abaixo.

kg_stv_settings
Ao início da transmissão no modo digital, pode ser ver claramente o indicativo de chamada EA7PP, provindo da Espanha (lembrando a Espanha está sobre o footprint de cobertura do satélite), confira no vídeo abaixo:

ATENÇÃO
O intuito deste post, não direciona acusação ou tem qualquer intenção de prejudicar terceiros e colegas dedicados ao nosso hobby, como o software não solicita nenhuma documentação para efetivar comprovação do callsign, qualquer indicativo de chamada pode ser utilizado, por qualquer pessoa, portanto pode estar sendo usado sem o consentimento de seu detentor.

A transmissão digital, teve duração média de 30 minutos, do qual resultou as imagens exibidas abaixo, logo após cessou, e novamente ocorreu o retorno do formato analógico SSTV modo BW 36.

Imagens capturadas com KG-STV –  21/06/15  | 21:00 UTC

Após essas transmissões, resolvi desenvolver um novo link neste blog, somente para postar as imagens recebidas em SSTV, o mesmo pode ser acessado Galeria SSTV – PU2VLW.

Confiram também nosso post – “Recepção SSTV no satélite FltSatCom 8 (Bolinha)”

73 de PU2VLW.

Anúncios

Recepção SSTV no satélite FltSatCom 8 (Bolinha)

Olá pessoal, a algum tempo tenho notado a presença de modos digitais em vários transponders lineares do antigo satélite militar americano FltSatCom8.

Para quem não conhece a rede de satélites UHFSatCom, é uma rede de satélites geoestacionários pertencente ao exército norte-americano, lançados entre 1972 e 1992, vulgarmente conhecido no Brasil, como “Bolinha”.

Seu modo de operação, resume-se em transponders lineares, do qual o sinal de entrada modulado for FM a saída será modulada em FM, válido para outros modos como SSB e AM.

Atualmente cogita-se que a rede está em desuso para fins militares, mais por se tratar de um instrumento militar, não está destinado a uso comum, “qualquer transmissão efetuada pode se considerar crime contra as telecomunicações, passivo de multa e prisão, além da violação de direitos e tratados internacionais”.

Em 2009 ocorreu a operação denominada “Operação Satélite”, a qual tinha como principal foco, lacrar estações clandestinas, e decretar prisão a seus operadores, que por sua vez utilizavam o satélite para efetuar comunicações. Segue abaixo 2 reportagens resgatadas no youtube, que documentam o feito.

Para maiores informações sobre a rede UHFSatCom, recomendo a leitura de um artigo redigido, pelo Adnei PY2ADN, clique aqui.

Dados da recepção

Utilizando um receptor SDR, baseado no RTL-SDR e uma antena caseira (construída por mim), apelidada pelo amigos de “drone” (em breve posto fotos da mesma), efetuei a recepção desta imagem, na frequência de 252.150 MHz, utilizando o software MMSSTV, no modo Martin 1.

SSTV UHFSatCom

 

Durante toda edição deste post o sinal esteve presente, porém sempre transmitindo a mesma imagem, vejam abaixo o vídeo contendo detalhes da recepção e os softwares utilizados.

73 de PU2VLW. Até o próximo artigo.